terça-feira, agosto 30, 2005

F***-se, 'tou farta destes c4r4lh0s!!!!!!!!

É assim, pardon my french, mas ainda ontem fiquei fodida da vida com um caralho de um marmelo qualquer que é qualquer coisa de importante no Ministério da Educação e que 'tava a falar na "tvisão"....
A grandessíssima besta respondeu o seguinte à questão (diga-se de passagem os jornalistas fazem todos os anos a mesma pergunta estúpida, mas isso não invalida a idiotice da resposta!!!!!) : "Pode garantir que todos os alunos terão professores no início do ano lectivo?". "Ora, claro que se houver uma professora que estiver grávida e meter licença de parto dois dias antes do início do ano lectivo, eu não posso garantir que o lugar dela estará preenchido".
Ora, bolas, que inteligente, eu por metade do ordenado dele teria chegado à mesma conclusão de uma forma muito menos machista ou, no meu caso, feminista. Vejam o outro lado da questão, pode-se sempre dizer o seguinte: "Se um professor for internado para uma operação à próstata e meter baixa dois dias antes do início do ano lectivo, eu não posso garantir que o lugar dele estará preenchido".
Temos nós estes cabrões a governar esta merda deste país de opereta (citando o nosso caro Zé da Penalva). Ora lançam campanhas de igualdade do trabalho e começam os discursos por "Cidadãs e cidadãos", ora dizem que as putas das gajas é que lhes dão cabo/fodem do esquema.
Estou farta!!!!
Grandessíssimos anormais!!!!
Andamos nós a pagar o ordenado a estes grandessíssimos ignorantes. Eu, se fosse casada com uma besta destas, depois de ver estas diarreia verbal, mandava-lhe a roupinha pela janela à la filme e mudava a fechadura!!!!!
Tenho dito!!!!!

3 comentários:

CM disse...

Esse país tá perigoso. Tanta parvoíce ainda se pega. Deixo aqui o meu apelo a toda a gente sã de Portugal: EMIGREM enquanto é tempo, pelo bem da vossa sanidade mental. Eu confesso que já nao vejo tv portuga há três meses (não me orgulho disso, mas pronto) porque quis retardar o meu passanço da moleira.
Mais não digo porque não posso...

R. disse...

Concordo... é verdade, é mesmo um país de bestas machistas que, tal como com o resto, também no caso dos professores só fazem merda e a culpa é sempre de alguém que não somos nós!....
OH, C:M:, a tua ideia já me passou pela cabeça mas, tens algum país em mente que seja agradável, com condições melhores que as nossas e em que se possa viver uma vida confortável?

CM disse...

Bué deles!!!!Só na europa começa logo por Espanha..Em África tens uma série deles já com bastantes condições (olha moçambique, por exemplo) Tu não deves ter muitas dificuldades em qualquer sítio de expressão portuguesa, porque és professora. A profissão perfeita, desde que não seja no rectângulo.Mais uma vez, como disse já ao Atalaia: só não caiam na asneira de ir trabalhar lá fora pra pessoal cá de dentro...