terça-feira, junho 13, 2006

O bêbado da aldeia, a mulher dos balões e hip hop

No sábado à tarde, após uma maratona de passar a ferro, o mê home veio dizer-me: "Apetece-me uma imperial" (a maratona foi minha, nada de confusões) ao que respondi: "Só se for com caracóis". Ligámos ao Atalaia e à R., e combinámos às seis e meia no Manel dos Caracóis. Pegámos no Puto e na Vet e ala que se faz tarde. Depois de umas duas travessas de caracóis e várias imperiais, decidimos ir às festas de Sto. António da Charneca, essa bela localidade.
Passámos por casa para o ZP comer uma sopita e lá fomos para Sto. António. Programa das festas: os alunos da escola de Sun City iam dançar hip hop para fazer a 1ª parte do concerto do nosso grande artista Tony da Costa.
Quem nos acompanhou em grandes noitadas no Iate sabe que tanto eu como meu esposo temos uma veia alcoólica dedicada a coreografias, agora o que eu não sabia é que isso é hereditário. O ZP parecia o bêbado da aldeia. Enquanto todos os velhos de Sto. António assistiam com o entusiasmo que seria de esperar às danças hip hip dos putos, ou seja, nenhum, o ZP partia-se todo a dançar, obrigando-se a correr atrás dele por todo o recinto da festa.
Assim que a assistência adolescente bazou porque os famosos lá da escola tinham acabado a actuação, e ficaram uns 50 gatos pingados para ouvir o Tony, o ZP continuou a dançar embevecendo todas as velhinhas da assistência que achavam o máximo que ele dançasse tanto. Até que por fim o consegui agarrar pôr no carrinho e adormecê-lo ao som do "Ê nasci à sexta fêra" versão todos os tipos de músicas tradicionais de Norte a Sul do país a que o Tony já nos habituou.

Uma nota final: A mulher dos balões, casada com o verdadeiro bêbado da aldeia, deu-lhe um enxerto de porrada à frente de toda a gente para o conseguir levar para casa.
A mulher dos balões escusa de dizer "Compre lá um Noddy ao menino" porque EU NÃO COMPRO.

Foi a crónica possível de uma ida às festas de Sto António.

Bjs!

3 comentários:

CM disse...

Hahahahaha! C'um caraças! Então vocês passaram a veia coreográfica ao puto?? Isso deve ser a música do Tony que tem esse efeito preverso nos genes da família!

R. disse...

A crónica está muito fixe. Claro que lá, tem outro encanto!

MissRita disse...

Ehehehehehehehh eu nao acredito que aquilo acabou tudo em porrada!!!
....é dum nivel!

;)